Companhias como a Apple, Nintendo e Sony vão investigar as condições laborais nas fábricas da Foxconn, a maior empresa dedicada ao fabrico de equipamentos electrónicos do mundo.

Depois dos suicídios de 10 trabalhadores pertencentes a esta companhia, situada na cidade chinesa de Shenzen, as mencionadas companhias, que cobram a fabricação dos seus equipamentos à Foxconn, vão estudar com detalhe se as condições laborais dos trabalhadores da Foxconn respeitam as regras vigentes, algo que se tornou duvidoso após as notícias dos suicídios.

Por agora a companhia dona da Foxconn (que fabrica as consolas Xbox 360, PS3, Wii, iPhone e iPad), Hon Hai Precision, decidiu aumentar o salário dos trabalhadores chineses da sua fábrica em 20% (que antes da subida, auferiam cerca de 100€ mensais).

Fonte: Eurogamer