imagem

Levantamento diz que game gerou problema de produtividade para as empresas

A ideia do Google de colocar o jogo Pac-Man em sua página e permitir que os internautas jogassem, na última sexta-feira (21), custou o equivalente a R$ 225 milhões (US$ 120 milhões) para as empresas, em razão da perda de produtividade dos funcionários – os usuários do serviço ficaram 4,8 milhões de horas conectados à página de busca, enquanto a média diária é de 33,6 milhões de horas. As conclusões são dos donos da Rescue Time, uma ferramenta que permite medir como o tempo é gasto na internet.

A empresa de rastreamento diz que, por esse custo, seria possível “contratar todos os 19.835 funcionários do Google” por um período de seis semanas. De acordo com o levantamento, os usuários do Google gastam, em média, quatro minutos e meio na página por dia, divididos em 22 buscas diferentes. Mas a existência do jogo na sexta-feira fez com que os internautas ficassem 36 segundos a mais no site.

O game ficou disponível na página do Google por apenas 48 horas, mas foi armazenado no site http://www.google.com/pacman. No jogo, os movimentos do pac-man são comandados pelas setas do teclado. Para jogar com dois personagens (um masculino e um feminino – com lacinho vermelho) basta clicar duas vezes no botão que ativa o game. Dessa maneira, os movimentos são comandados também pelas teclas “A”, “D”, “W” e “S”.

Fonte: Fikasabendo