Parece que foi ontem que presenciamos o lançamento de Call of Duty: Modern Warfare 2, o game continua sendo um dos mais jogados do estilo, mas não teremos muito tempo para descanso. Call of Duty: Black Ops terá sua história focada nos acontecimentos da Guerra Fria, marcando o nascimento da Elite Special Forces. Os jogadores serão levados a missões em Cuba, Ártico e nas florestas do Vietnã, com armas bem diferentes da qual estamos acostumados. Claro, o jogo abusa dos gráficos cinematográficos e da jogabilidade intensa, uma marca própria da série.

A produtora Treyarch, que também foi responsável por World at War, comentou alguns detalhes sobre os modos multiplayer. O modo cooperativo (que terá opções para campanhas online e em tela dividida) poderá ser jogado por até quatro pessoas, seguindo a linha histórica da Guerra Fria. Por se tratar de um assunto pouco abordado nos jogos, o estúdio garante que teve idéias bastante criativas sobre este tema. A data da história no game ainda não foi revelada, mas o game aproveitará o enredo por um longo período.

Será possível escolher entre soldados americanos ou russos e cada equipe terá acesso aos mais variados armamentos. Já foi confirmada a presença da besta militar, uma arma que dispara flechas comuns e explosivas, que será útil não somente para os atiradores de elite, mas para todas os tipos de soldados. Também há um rifle AUG que poderá utilizar diversos tipos de balas, como as que perfuram superfícies sólidas e as balas comuns. Outra novidade é o SR-71 Blackbird, nave de reconhecimento estratégico que substitui o AC-130, presente nos jogos anteriores. Em certa fase, o Blackbird é utilizado para observar o território por cima, enquanto o jogador direciona suas tropas com um apontador, ajudando a fugir de tropas inimigas.

Mark Lamia, diretor da Treyarch, afirmou que Black Ops será épico, com foco na história de seus personagens, dando indícios de que a história do jogo poderá ser alterada de acordo com os personagens escolhidos. Seguindo os passos de Modern Warfare 2, Black Ops terá fases de escaladas em penhascos e saltos de janela. A Activision promete uma experiência fascinante, contando que o estúdio responsável pelo game está inteiramente voltado ao desenvolvimento do jogo, com times dedicados a criar as mais intensas e emocionantes aventuras solo, cooperativa e multiplayer. A versão para PC contará com servidores dedicados para as partidas online. A Treyarch não quer se arriscar a passar pelos buchichos que Modern Warfare 2 passou.

Call of Duty: Black Ops será lançado para DS, PC, PS3, PSP, Wii e Xbox 360 em novembro deste ano. Tanto a Treyarch, quanto a Activision, querem e prometem um resultado melhor que Modern Warfare 2, que se tornou um dos maiores jogos nesses últimos meses. Verdade ou não, vamos conferir quando o jogo for lançado.
Fonte: Gametv