imagem

A espera pelo início da E3 e as especulações em torno do novo investimento da Microsoft, o Project Natal, tem gerado dúvidas e rumores. Enquanto uns acreditam no sucesso do novo aparelho há quem diga que ele é só uma aposta da Microsoft para alcançar seus concorrentes na área de games – Sony e Nintendo. Tem quem defenda que o Project Natal pode ser um grande fiasco de mercado – e uma dessas pessoas é o ex-gerente da Microsoft Scot Bayless.

Em entrevista a revista inglesa RetroGamer, Bayless, executivo da Sega na época de lançamento do extinto 32 X (1994), comentou sobre um possível futuro semelhante entre o console da Sega e o Natal, do ponto de vista mercadológico. Segundo Bayless o investimento da Microsoft provocaria divisão entre os consumidores e fragmentação da indústria, desmotivando as produtoras de jogos. Desse modo, a tendência natural seria de rejeição ao Natal.

Depois da revelação do preço do Project Natal e da renomeação do acessório para Wave, a opinião de Scot Bayless é mais um ponto de polêmica em torno da novidade da indústria de Bill Gates. Seria uma previsão realmente palpável ou apenas especulação de um ex-grande funcionário da empresa? Qual será o futuro do Project Natal?

Fonte: Xbox-360/Nowgamer