imagem

Depois das TVs, das câmeras digitais e dos Blu-ray players, chegou a hora dos PCs 3D: máquinas com configurações e recursos prontos para reproduzir conteúdo nesse formato. Durante a Computex Taipei, que acontece esta semana em Taiwan, a fabricante de componentes Nvidia mostra o que vem a ser o “PC 3D” ideal – incluindo seu preço.

Jensen Huang, CEO da Nvidia, disse em sua palestra na Computex que “a experiência 3D ficou mais fácil”. Até então, para ter um PC com 3D era preciso comprar monitor, placa de vídeo e óculos separados, em um método artesanal. “Agora surge a categoria do PC 3D”, disse Huang. Diversos parceiros da Nvidia, como Asus, Acer, Alienware, Dell, LG, Toshiba e ViewSonic, entre outros, irão vender máquinas prontas para o 3D ainda este ano.

Segundo a Nvidia, um PC 3D vai custar em torno de US$ 1.500 – cerca de R$ 2,7 mil – e “inclui tudo que você precisa: monitor 3D com 120 Hz, óculos 3D ativos, placa de vídeo e drivers pré-instalados. Este preço é metade do valor de uma TV 3D de 42 polegadas, tornando o modo mais barato para aproveitar 3D em casa”, disse Huang. Essas máquinas também poderão ser conectadas a TVs 3D pela porta HDMI 1.4.

Além disso, um software da CyberLink promete converter filmes em 2D para 3D, assim como os novos PCs 3D poderão lidar com fotos 3D tiradas em câmeras como a FinePix 3D, da Fuji, e a Sony NEX-5. A Nvidia também aproveitou a Computex para anunciar parcerias com Adobe e Microsoft para transmissão de vídeo 3D pela web.

Fonte: Tecnologia/Terra